Página de entrada | Projetos Forestis | GOBIOCHORUME

GOBIOCHORUME

BIOCHORUME - Sistemas Biológicos para Utilização do Chorume Proveniente de Explorações de Pecuária Intensiva de Bovinos Leiteiros

PDR 2020 - Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020

Janeiro de 2017 a dezembro de 2021

 

Objetivos
Este projeto visa é criar um modelo inovador, alternativo ao tradicional, para minimizar os problemas do excesso de efluentes pecuários nas Explorações Pecuárias Leiteiras na Região de Entre Douro e Minho, promovendo a sua valorização como fornecedor de matéria orgânica aos solos e disponibilidade de nutrientes para a produção de biomassa, e no seu contributo para a melhoria da sustentabilidade económica das empresas de Pecuária Intensiva de Bovinos Leiteiros, valorizando a biomassa produzida na descontaminação dos solos e como fonte de energia para uso interno das unidades de exploração.


Ações
   Implementar técnicas sustentáveis de incorporação dos efluentes no solo;
   Implementar técnicas e modelos de plantação da Paulwonia sp. e Populus sp.;
   Avaliar os acréscimos de produção lenhosa e da biomassa aérea foliar com a aplicação dos chorumes e das características energéticas destas espécies;
   Analisar a composição química, orgânica e forrageira da biomassa foliar da Paulownia sp. para utilização como suplemento alimentar dos animais;
   Monitorizar e avaliar a evolução anual das características físicas e químicas dos solos e das taxas de reservatório de C, nas Unidades de Ensaio;
   Demonstrar a capacidade de extração de nutrientes do solo pelas espécies utilizadas, em solos com aplicação do chorume;
   Elaborar um caderno de boas práticas de gestão e de aplicação de efluentes baseados no trinómio efluentes-solo-cultura à escala da unidade de produção/exploração/agropecuária;
   Analisar a integração das atividades deste tipo de explorações pecuárias, através do know-how desenvolvido pelas entidades do SNI&I, indo de encontro às necessidades da problemática de valorização destes efluentes;
   Avaliar os resultados económicos da exploração com a introdução do modelo;


Resultados
   Contribuir para o meio ambiente pela elevada absorção de nutrientes, nomeadamente o azoto, evitando a aplicação de fertilizantes químicos;
   Promover a produção de biomassa com grande poder calorífico que pode ser utilizada para consumo interno da exploração, diminuindo os custos energéticos da empresa, ou para consumo externo (diversificação de produtos com dividendo económico);
   Impulsionar a produção de alimentação rica em nutrientes para o gado da própria exploração (ou para venda para consumo externo) diminuindo a despesa da empresa na compra de rações;
   Diminuir os custos com a gestão, manipulação e transporte das empresas com este tipo de efluentes.
   Contribuir para o meio ambiente pela captação de dióxido carbono da atmosfera, integrando-os na corrente global de combate às alterações climáticas.



Instituição promotora
Aveleda S.A.

Participantes
FORESTIS - Associação Florestal de Portugal
ESB UCP- Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa
FENALAC - Federação Nacional das Cooperativas de Produtores de Leite
INIAV - Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.
 
 

Cofinanciado por:

 

 

« Voltar

 
Sede. Rua de Santa Catarina, 753, 4000 - 454 Porto . Tel. +351 22 2073130/1 Fax. +351 22 2073139
contactos | ficha técnica | mapa do site | desenvolvido por : Sistemas do Futuro